Realizando Cadastros Primários

Tópicos

Grupo, Código de Situação da Operação no Simples Nacional (CSOSN), Código de Situação Tributária (CST), Plano Categoria, Campos Adicionais, Parâmetros do Código de Barras, NBM/Classif. Fiscal, NCM, NVE, Marca de Produtos, entre outros.

Para que os cadastros de produtos e serviços possam ser feitos de forma completa e correta, é necessário que alguns cadastros sejam realizados previamente, pois tais cadastrados serão utilizados posteriormente nas manutenções correspondentes para complementar as informações específicas de cada um deles.

 Os cadastros primários podem ser encontrados no menu lateral Estoque >> Produtos e Serviços.

Código de Situação da Operação no Simples Nacional

Nesta manutenção cadastram-se os Códigos de Situação da Operação no Simples Nacional (CSOSN) que são definidas pela legislação, compostas por uma combinação de códigos e descrições que definem a situação de operações tributárias do produto no Simples Nacional. Na geração de uma nota fiscal de um determinado produto, pelo Dataplace ERP, é obrigatória a existência desse campo.

Na manutenção de Produtos, relacione ao Produto sua Situação da Operação no Simples Nacional, antes do efetivo faturamento do produto.

 Esta manutenção possui Data Port com chamada a engine code (EC) de personalização. Quando habilitada a opção Visualização Avançada, é possível entrar em modo de edição do respectivo EC e realizar personalizações vinculadas aos processos de incluir, excluir e alterar dados. Basta clicar no nome do EC para ativar a sua edição.

Consulte a lista de Engine code migrados.

 A utilização desta manutenção é controlada pelo item de segurança 4218  Manutenção de Código de Situação da Operação no Simples Nacional (CSOSN).

Ao clicar em  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, para que seja informado:

Código / Descrição

Informe o código e a descrição padronizados pela legislação para a situação da operação no Simples Nacional que está sendo cadastrada.

Exemplo: 0101 – Tributada pelo Simples Nacional com permissão de crédito.
 

Cd. Lançamento / Descrição / Histórico

Informe o código de lançamento da situação da operação no Simples Nacional ou pressione ENTER para pesquisar pelos lançamentos.

Caso esta coluna esteja preenchida e a mesma esteja direcionada a um determinado produto, ao emitir uma Nota Fiscal composta por esse produto, o conteúdo da coluna Cd. Lançamento (a descrição referente ao código da mensagem definido nesta janela) será impresso na Observação da Nota Fiscal e na Observação do Pedido. Trata-se do recurso de observação automática do sistema.

Texto Informativo

Caso haja necessidade de especificar melhor a situação da operação no Simples Nacional, insira um texto informativo.

Código de Situação Tributária- COFINS           

A situação tributária indica a origem da mercadoria (importada ou de produção nacional), e a situação tributária de COFINS (Contribuição , por sua vez, indica a origem da operação (tributada integralmente, com redução da base de cálculo, etc…). Na manutenção de Produtos, relacione ao Produto sua Situação Tributária de COFINS, antes do efetivo faturamento do produto.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é necessário o codeID003726.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar em  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, onde deverá ser informado:

Código / Descrição

Informe um código identificador e a descrição da situação tributária de COFINS.

Exemplos: 000 – Mercadoria Nacional Tributada Integralmente.

      090 – Nacional / Outras

      100 – Importado / Tributado Integralmente

 A tabela de Situação Tributária deve ser fornecida pelo Contador e, em alguns casos, já vem impressa na própria nota fiscal da empresa.

Cd. Lançamento

Informe o código de lançamento da situação tributária de COFINS ou pressione ENTER para realizar uma pesquisa.

Caso esta coluna esteja preenchida e direcionada a um determinado produto, ao emitir uma Nota Fiscal composta por esse produto, o conteúdo descrito nesse campo será impresso na Observação da Nota Fiscal e na Observação do Pedido. Trata-se do recurso de observação automática do sistema.

Texto Informativo

Se houver necessidade de especificar melhor a situação tributária de COFINS, insira um texto informativo.

Código de Situação Tributária- ICMS           

Nesta manutenção cadastram-se as tabelas de Situações Tributárias de ICMS que são definidas pela legislação, compostas por uma combinação de códigos e descrições que definem a situação tributária de ICMS do produto dentro do país. Na geração de uma nota fiscal de um determinado produto, pelo Dataplace ERP, é obrigatória a existência desses campos.

A situação tributária indica a origem da mercadoria (importada ou de produção nacional). A situação tributária de ICMS, por sua vez, indica a origem da operação (tributada integralmente, com redução da base de cálculo, etc).

Na manutenção de Produtos, relacione ao Produto sua Situação Tributária de ICMS, antes do efetivo faturamento do mesmo.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeID001101.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar em  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, para que sejam informados:

Código / Descrição

Informe um código identificador e a descrição da situação tributária de ICMS.

Exemplos: 000 – Mercadoria Nacional Tributada Integralmente.

      090 – Nacional / Outras

      100 – Importado / Tributado Integralmente

 A tabela de Situação Tributária deve ser fornecida pelo Contador e, em alguns casos, já vem impressa na própria nota fiscal da empresa.

Cd. Lançamento

Informe o código de lançamento da situação tributária de ICMS ou pressione ENTER para realizar uma pesquisa.

Caso esta coluna esteja preenchida e direcionada a um determinado produto, ao emitir uma Nota Fiscal composta por esse produto, o conteúdo descrito nesse campo será impresso na Observação da Nota Fiscal e na Observação do Pedido. Trata-se do recurso de observação automática do sistema.
 

Texto Informativo

Caso haja necessidade de especificar melhor a situação tributária de ICMS, insira um texto informativo.
 

Situação tributária correspondente no

Selecione a situação tributária correspondente no PAF-ECF, podendo ser:

    • I – Isento
    • N – Não Tributado
    • F – Substituição Tributária
    • T – Tributado pelo ICMS
    • S – Tributado pelo ISSQN
     

Código de Situação Tributária- IPI           

Nesta manutenção cadastram-se as tabelas de Situações Tributárias de IPI que são definidas pela legislação, compostas por uma combinação de códigos e descrições que definem a situação tributária de IPI do produto dentro do país. Na geração de uma nota fiscal de um determinado produto, pelo Dataplace ERP, é obrigatória a existência desses campos.

A situação tributária indica a origem da mercadoria (importada ou de produção nacional). A situação tributária de IPI, por sua vez, indica a origem da operação (tributada integralmente, com redução da base de cálculo, etc).

 Esta manutenção possui Data Port com chamada a engine code (EC) de personalização. Quando habilitada a opção Visualização Avançada, é possível entrar em modo de edição do respectivo EC e realizar personalizações vinculadas aos processos de incluir, excluir e alterar dados. Basta clicar no nome do EC para ativar a sua edição.

Consulte a lista de Engine code migrados.

Ao clicar em  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, para que sejam informados:

Código / Descrição

Informe um código identificador e a descrição da situação tributária de IPI.

Exemplos: 000 – Mercadoria Nacional Tributada Integralmente.

      090 – Nacional / Outras

      100 – Importado / Tributado Integralmente

 A tabela de Situação Tributária deve ser fornecida pelo Contador e, em alguns casos, já vem impressa na própria nota fiscal da empresa.

Cd. Lançamento

Informe o código de lançamento da situação tributária de IPI ou pressione ENTER para realizar uma pesquisa.

Caso esta coluna esteja preenchida e direcionada a um determinado produto, ao emitir uma Nota Fiscal composta por esse produto, o conteúdo descrito nesse campo será impresso na Observação da Nota Fiscal e na Observação do Pedido. Trata-se do recurso de observação automática do sistema.

Texto Informativo

Se houver necessidade de especificar melhor a situação tributária de IPI, insira um texto informativo.

Código de Situação Tributária- Enquadramento Legal do IPI           

Nesta manutenção são cadastrados os códigos de Situações Tributárias referentes ao Enquadramento Legal do IPI, que são definidas pela legislação, compostas por uma combinação de códigos e descrições que definem em qual situação se enquadra o IPI do produto dentro do país. Na geração de uma nota fiscal de um determinado produto, pelo Dataplace ERP, é obrigatória a existência desses campos.

 A  tabela para definição do Código de Enquadramento Legal no IPI foi disponibilizada na Nota Técnica 2015.002 da NF-e, sendo que, até o momento, os contribuintes eram orientados a utilizar o valor “999”. Agora, com a definição e exigência dos códigos de enquadramento, eles serão utilizados nas manutenções de ProdutosParâmetros de Compra e VendaServiçosMateriais de Consumo e Bens DuráveisNatureza de Operação e Nota Aberta NF-e.

 Esta manutenção possui Data Port com chamada a engine code (EC) de personalização. Quando habilitada a opção Visualização Avançada, é possível entrar em modo de edição do respectivo EC e realizar personalizações vinculadas aos processos de incluir, excluir e alterar dados. Basta clicar no nome do EC para ativar a sua edição.

Consulte a lista de Engine code migrados.

Ao clicar em  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, para que sejam informados:

Código / Descrição

Informe um código identificador e a descrição do Enquadramento Legal do IPI.

Exemplos: 305 – Pés isolados de calçados – Art. 54 Inciso V do Decreto 7.212/2010

      308 – Papel destinado à impressão de músicas – Art. 54 Inciso VIII do Decreto 7.212/2010

      999 – Tributação normal IPI; Outros

Grupo CST

Informe a qual grupo de Código de Situação Tributária o Enquadramento Legal pertence: ImunidadeSuspensãoIsençãoRedução ou Outros.

Código de Situação Tributária- PIS           

Nesta manutenção cadastram-se as tabelas de Situações Tributárias de PIS que são definidas pela legislação, compostas por uma combinação de códigos e descrições que definem a situação tributária de PIS do produto dentro do país. Na geração de uma nota fiscal de um determinado produto, pelo Dataplace ERP, é obrigatória a existência desses campos.

A situação tributária indica a origem da mercadoria (importada ou de produção nacional). A situação tributária de PIS, por sua vez, indica a origem da operação (tributada integralmente, com redução da base de cálculo, etc).

 Esta manutenção possui Data Port com chamada a engine code (EC) de personalização. Quando habilitada a opção Visualização Avançada, é possível entrar em modo de edição do respectivo EC e realizar personalizações vinculadas aos processos de incluir, excluir e alterar dados. Basta clicar no nome do EC para ativar a sua edição.

Consulte a lista de Engine code migrados.

Ao clicar em  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, onde deverá ser informado:

Código / Descrição

Informe um código identificador e a descrição da situação tributária de PIS.

Exemplos: 000 – Mercadoria Nacional Tributada Integralmente.

      090 – Nacional / Outras

      100 – Importado / Tributado Integralmente

 A tabela de Situação Tributária deve ser fornecida pelo Contador e, em alguns casos, já vem impressa na própria nota fiscal da empresa.

Cd. Lançamento

Informe o código de lançamento da situação tributária de PIS ou pressione ENTER para realizar uma pesquisa.

Caso esta coluna esteja preenchida e direcionada a um determinado produto, ao emitir uma Nota Fiscal composta por esse produto, o conteúdo descrito nesse campo será impresso na Observação da Nota Fiscal e na Observação do Pedido. Trata-se do recurso de observação automática do sistema.

Texto Informativo

Se houver necessidade de especificar melhor a situação tributária de PIS, insira um texto informativo.

  O Dataplace atribui o Código de Situação Tributária da manutenção de Produtos  (aba Dados Básicos), no entanto caso o produto possua Parâmetros de Compra e Venda para um Estado e este possuir um Código informado, o Dataplace altera para o do Parâmetros de Compra e Venda.

Gerador de Campos     

1- Gerador de Campos

Esta manutenção tem como finalidade cadastrar os possíveis campos de perguntas e respostas para os produtos opcionais. As perguntas devem ser cadastradas na Aba Campos e as respostas em Conteúdos.

 Esta ferramenta somente poderá ser acessada mediante permissão do Item de Segurança 3269- Manutenção de Opcionais/Gerador de Campos

 Para o correto funcionamento desta manutenção é necessário o codeID1003892.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo. 

Na aba Campos, informe:

Código

Este campo é para pesquisar por um campo já cadastrado. No momento de inserir um novo cadastro, este será preenchido automaticamente.

Descrição

Informe uma descrição para o campo, de preferência uma pergunta para melhor compreensão.

Complemento

Neste campo pode-se informar quaisquer complementos para a pergunta, se achar necessário.

Conteúdo padrão

Informe a resposta padrão para a pergunta.

Tipo de Controle

Selecione se o conteúdo do campo será controlado por Campo para digitação ou Lista de opções, sendo:

  • Campo para digitação: no momento de uma venda, por exemplo, ao adicionar um produto opcional com uma pergunta, a resposta deverá ser digitada pelo usuário.
  • Lista de opções: no momento de responder a pergunta, o usuário terá a sua disposição todos os conteúdos cadastrados (respostas possíveis) exibidos em uma listagem para seleção.

Obriga o usuário a responder a pergunta

Se marcar sim nesta opção, no momento da venda, por exemplo, o usuário será obrigado a responder a pergunta.

Permite cadastrar resposta diferente das respostas possíveis

Se marcar sim nesta opção, o usuário poderá escolher uma resposta para a pergunta diferente das que estão cadastradas na aba Conteúdos.

Código / Máscara / Descrição

Neste campo informa-se o formato que a resposta do campo deverá ter, caso necessário. Informe o código da máscara ou faça uma pesquisa teclando ENTER. As máscaras disponíveis para utilização são cadastradas na manutenção Máscaras.

2- Conteúdos

Como o campo selecionado na aba Campos, informa-se o código e a descrição do conteúdo que será utilizado no mesmo.

3- Cadastro de Conteúdos       

Essa manutenção tem por finalidade cadastrar os Conteúdos (Respostas) para atribuir aos Campos (Perguntas).

 Esta ferramenta somente poderá ser acessada mediante permissão do Item de Segurança 3269- Manutenção de Opcionais/Gerador de Campos

 Para o correto funcionamento desta manutenção é necessário o codeID1003896.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo. 

Informe os seguintes campos:

Código

O código do conteúdo é gerado automaticamente pelo sistema.

Descrição

Informe um conteúdo para os campos (resposta).

 A ferramenta Seta Azul , localizada ao lado do campo gera um acesso rápido ao Cadastro de Conteúdos, possibilitando ao usuário realizar o cadastro de forma dinâmica, não sendo necessário encerrar a manutenção Gerador de Campos.

Máscara       

Através desta manutenção, é possível cadastrar máscaras, ou seja, formatos específicos de resposta que serão utilizados no preenchimento do conteúdo dos campos criados na manutenção Gerador de Campos.

 Esta ferramenta somente poderá ser acessada mediante permissão do Item de Segurança 4944  Manutenção de Máscara

 Para o correto funcionamento desta manutenção é necessário o codeID1003594.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo. 

Informe os campos:

Código

Digite um código para identificação da máscara.

Máscara

Informe o formato de preenchimento da máscara.

Descrição

Informe uma descrição que irá auxiliar na identificação da máscara criada.

Tipo de Validação

Selecione como será a validação para uso da máscara, podendo ser: NenhumData ou Numérico.

 Exemplo de utilização da máscara:

1. Cadastramos a máscara de código 01, como mostrado na Figura 2. Através dos campos Máscara e Tipo de Validação, indicamos que deve ser informada uma Data em formato 99/99/9999, como: 12/01/1985.

2. No Gerador de Campos, informamos essa máscara no cadastro do referido campo para utilização do preenchimento do conteúdo.

3. Se, por exemplo, este campo for configurado para uma Natureza de Operação, que por sua vez for utilizada em um Pedido de Faturamento, o conteúdo informado na resposta do campo deverá estar de acordo com a máscara cadastrada.

Grupos           

Nessa janela cadastra-se os Grupos de produtos que serão obrigatórios para o produto principal. Caso não seja cadastrado nenhum grupo, significa que não há grupos obrigatórios.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeID000132.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar no botão Adicionar, será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, onde deverá ser informado:

Código / Descrição

Informe o código de identificação e a descrição do Grupo. O código poderá conter até 5 caracteres.

Quantidade mínima de itens opcionais por grupo / Quantidade máxima de itens opcionais por grupo

Estas quantidades garantirão que no momento da inserção de um produto na pendência, orçamento ou venda, a quantidade de opcionais obedeça esta configuração.

Na Barra de Ferramentas existem os seguintes botões:

Aplicar Opcional padrão para o grupo (ALT + O)           

Nesta janela serão listados todos os produtos que pertencem ao grupo selecionado. O objetivo desta janela é alterar a configuração de opcionais dos Produtos, fazendo com que seja atribuído um produto padrão para o grupo, por exemplo:

Entendendo o conceito de Opcional padrão:

Temos uma lapiseira como produto principal. Na configuração de opcionais desta lapiseira (aba Opcionais da manutenção de Produto) existe o grupo 002 (Grupo de Subprodutos). No momento em que se faz uma Venda da lapiseira, serão exibidos para o grupo 002 todos os opcionais possíveis para escolha. Porém, em certos casos, pode-se  estabelecer que, para a venda de alguns produtos que contenham o grupo 002, o produto S001 já venha selecionado, dando mais agilidade no processo de venda ou qualquer outro processo que utiliza Opcionais. Por isso tem-se o conceito de Opcional padrão.

Serão exibidos todos os opcionais pertencentes ao grupo selecionado. O usuário poderá definir somente um produto como padrão.

Feita a seleção do produto, o usuário poderá escolher uma dentre as opções seguintes:

Aplicar a todas as Configurações de opcionais existentes

Marcando  esta opção, todos os produtos que possuam em suas configurações de opcionais o grupo selecionado terão o seu produto padrão (default) alterado.
 

Aplicar apenas às Configurações de opcionais que ainda não tenham padrão definido

Marcando  esta opção, as configurações serão alteradas somente para os produtos que não tenham produto padrão.

Remover padrão

Ao marcar  esta opção, serão retirados os produtos definidos como padrão no grupo.

Após a seleção do produto e a escolha da opção, clique em Processar.

Alterar Opcional padrão para o grupo (ALT + T)           

Nessa janela altera-se o opcional padrão para o grupo selecionado.

Para efetuar a troca de padrão de Opcionais do grupo, é necessário escolher o Padrão Atual e o Novo Padrão. O sistema fará uma busca por todos os produtos para encontrar aqueles que tenham tal grupo de opcionais selecionado em sua configuração. Então será feita a troca automática dos padrões de todos os grupos que possuam o padrão igual ao informado no Padrão Atual.

Após informar os dois campos, clique em Processar.

Imprimir Plano de Grupos de Produtos (ALT +P)          

Esta ferramenta permite que sejam impressos todos os planos de grupos de produtos. Ao acessá-la, uma nova janela será aberta para que o usuário informe os grupos que devem ser impressos.

Seleção de Grupo

Se desejar considerar grupos específicos para impressão, informe o código do produto e tecle ENTER. Se preferir, faça uma pesquisa teclando ENTER em um dos campos. Os grupos selecionados serão listados na grade abaixo.

Para excluir um grupo listado, clique sobre o mesmo e pressione a tecla DELETE.

Marque  se os Grupos e os Produtos dos mesmos serão ordenados por Código ou Descrição.

Clique no botão Visualizar para gerar a impressão. Caso o usuário não selecione um grupo específico, serão exibidos todos os registros pertinentes aos grupos.

Local/UP de Estocagem          

Nesta aba são cadastrados os locais, ou seja, as unidades produtivas (UPs) e de estocagem de produtos.

 Caso a empresa esteja configurada como Industrial ou Industrial/Comercial, essa manutenção será exibida como  Centro de Trabalho (UP).

 Esta manutenção possui Data Port com chamada a engine code (EC) de personalização. Quando habilitada a opção Visualização Avançada, é possível entrar em modo de edição do respectivo EC e realizar personalizações vinculadas aos processos de incluir, excluir e alterar dados. Basta clicar no nome do EC para ativar a sua edição.

 Para visualizar esta manutenção acesse: menu Estoque >> Produtos e Serviços >> Local de Estocagem.

 Essa ferramenta é controlada mediante Item de Segurança  88 – Manutenção de UP.

Ao clicar em  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha ao final da grade, para que sejam informados:

Local/UP

Informe um código que seja de fácil identificação para a UP que está sendo cadastrada. Este campo pode ter até 10 dígitos e permite utilizar caracteres alfa numéricos.

Descrição

Informe o nome da UP. Exemplos: Expedição, Almoxarifado, Fornecedor, etc.

Situação

Selecione se a UP que está sendo cadastrada estará com o status Ativo ou Inativo para uso.

 Quando a UP estiver inativa não poderá ser possível utilizá-la em Ordens de Compra e Ordens de Compra de Importação.

Liberado para Venda

Selecione  esta opção caso a UP deva estar liberada para venda. Se esta opção não estiver selecionada, a UP não poderá ser utilizada junto aos produtos existentes nos pedidos de venda e faturamento.

Disponível para Compras

Selecione  esta opção para indicar que a UP deve estar disponível para operações de Compra.

Referência

Selecione a referência para a qual se aplica a UP: Centro de InspeçãoCentro de TransformaçãoEstoque ou Não Definida.

Centro de Inspeção

Esta referencia se remete inspeção de recebimentos dos materiais dos fornecedores.

 Note que ao marcar a opção Centro de Inspeção a opção Liberado para venda e produção fica indisponível para o registro, pois entende-se que o usuário deve utilizar esta UP somente para inspeção de qualidade e contabilidade dos recebimentos.

Centro de Transformação

Esta referencia se remete ao local de estocagem que também é a unidade produtiva.

Estoque

Esta referencia se remete ao local de estocagem utilizado somente para armazenagem dos materiais.

Não Definida

O local de estocagem não possui uma definição das três opções acima.

Tipo

Neste campo informe o tipo de Local de estocagem, sendo as opções: NormalPicking ou Packing.

– Normal: Padrão do Dataplace ERP, utilizado atualmente

– Picking: Caso a empresa trabalhe com Picking and Packing, este campo definirá como local de separação o produto.

– Packing: Caso a empresa trabalhe com Picking and Packing,  este campo definirá como local de embalar e despachar o produto.

Endereço / Descrição Endereço
Neste campos poderão ser informado do local de estocagem, cadastrado na manutenção Endereçamento de Local de estocagem. A forma como as cidades identificam as moradias aplica-se, de forma análoga, aos endereços dentro de um armazém: ruas, números de casas e edifícios, andares e números de apartamentos são perfeitos para identificar corredores (ruas)módulos (edifícios)nível (andar) e vão (apartamento).

Sincronizar

Ao selecionar  essa opção, à UP será sincronizada para as demais bases de dados.

 Caso esta opção esteja desmarcada, os registros abaixo não serão sincronizados:

  •  Lote
  •  Caso a UP esteja vinculada a um produto, este, sendo sincronizado, a UP e quantidade não serão sincronizadas.

 Ferramentas

Cópia Similar (Alt+C)

Esta ferramenta tem a finalidade de agilizar o processo de cadastrar um novo Local UP/ Estocagem, sendo necessário efetuar apenas ajustes.

Informe os seguintes campos:

Centro de Trabalho – Origem
Neste campo informe qual o código do centro de trabalho que terá seus dados copiados. Para isso, digite o código, ou se preferir, faça uma busca pressionando a tecla ENTER. Por padrão, este campo virá preenchido com o conteúdo selecionado na grade da manutenção Centros de Trabalho/UP, mas poderá ser alterada caso haja necessidade. Contudo, só estarão disponíveis para pesquisa Centros de Trabalho que estiverem definidos como Ativo. Essa informação poderá ser cadastrada através da manutenção Centros de Trabalho/UP, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle.

Centro de Trabalho – Destino
Neste campo informe um código e uma descrição para o Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado.

Copiar Ocorrências por Centro de Trabalho
Ao marcar  esta opção, todas as ocorrências existentes no centro de trabalho origem serão copiadas para o destino.

Clique no botão  Processar. Será exibida uma mensagem confirmando o processo.

Imprimir etiquetas de endereçamento (SHIFT + CTRL + A)

Nesta ferramenta é possível imprimir a etiqueta de todas as UPs que possuam vínculo com os endereçamentos cadastrados na manutenção Endereço do Local de Estocagem. Ou seja, são as UPs que possuam os campos “Endereço” e “Descrição (Endereço)” preenchidos.

Esta ferramenta somente poderá ser acessada mediante permissão do Item de Segurança 5657 – Ferramenta Imprimir Etiquetas de Endereçamento.

Para imprimir estas etiquetas basta marcar  as UPs desejadas, definir a densidade e clicar no botão Processar.

Marcas de Produtos           

Esta manutenção tem por finalidade cadastrar as marcas dos produtos vendidos pela empresa. Quando o produto estiver sendo cadastrado, relaciona-se a marca ao mesmo. Esse relacionamento será utilizado na emissão de relatórios de produtos por marcas.

 Para o correto funcionamento desta manutenção, é utilizado o codeID001100.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar em  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, onde deverá ser informado:

Marca / Descrição

Digita-se o nome e descrição da marca do produto.

NBS- Nomenclatura Brasileira de Serviços         

Nesta manutenção são cadastrados os códigos NBS (Nomeclatura Brasileira de Serviços) utilizados para classificar as transações com serviços, intangíveis e outras operações que produzam variações no patrimônio. Ao clicar no botão  Adicionar (Alt + A), o usuário poderá adicionar um novo NBS. Eles também poderão ser importados automaticamente para esta manutenção através do Atualizador de Estruturas (Sym_default).

 Para o correto funcionamento desta manutenção, é utilizado o codeID1003595.egn para processamentos personalizados a serem realizados nos processos na Manutenção de NBS

 Essa ferramenta é controlada mediante Item de Segurança  4604 – Manutenção de NBS.

Código NBS

Neste campo serão exibidos todos os códigos NBS cadastrados.

Descrição

Neste campo será exibido a descrição dos códigos NBS.

 Para maiores informações sobre NBS, clique aqui.

NCM           

Nesta manutenção cadastra-se as informações referentes à Nomenclatura Comum do Mercosul, que posiciona a mercadoria para efeitos de comércio exterior, definindo as alíquotas, a incidência de tributos, os incentivos existentes, os contingenciamentos, inclusão em acordos.

  • Clique aqui para baixar a Tabela de Unidades de Medidas Tributáveis no Comércio Exterior.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeID1003596.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 3458 – Manutenção de Nomenclatura Comum do Mercosul.

Ao clicar no botão  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição de dados, onde deverá ser informado:

Código

Informe o código, de acordo com a codificação oficial da NCM. O código identificador é composto por 8 caracteres numéricos.

Para mais informações sobre os códigos de NCM, clique aqui.
 

Descrição

Informe a descrição oficial da NCM que está sendo cadastrada.
 

Unidade – para fins de comércio exterior

Informe a unidade de medida utilizada na NCM ou pressione a tecla ENTER para realizar uma pesquisa. A unidade é cadastrada na manutenção Unidades/Conversão de Unidades.
 

Cd. Siscomex

Informe o código do Sistema Integrado de Comércio Exterior, que é um instrumento informatizado, por meio do qual é exercido o controle governamental do comércio exterior brasileiro. É uma ferramenta facilitadora, que permite a adoção de um fluxo único de informações, eliminando controles paralelos e diminuindo significativamente o volume de documentos envolvidos nas operações. 

NBM

Informe a Nomenclatura Brasileira de Mercadorias, ou pressione a tecla ENTER para realizar uma pesquisa. Esta informação deve ser cadastrada na manutenção de NBM.

Alq. IPI

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Alq. II

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do Imposto de Importação (II).

Alq. II Mercosul

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do Imposto de Importação (II) em caso de países do Mercosul.

Alq. PIS

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do PIS – Programa de Integração Social, que é uma contribuição social de natureza tributária, devida pelas pessoas jurídicas, com objetivo de financiar o pagamento do seguro-desemprego e do abono para os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos.

Alq. COFINS

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social. É uma contribuição federal, de natureza tributária, incidente sobre a receita bruta das empresas em geral, destinada a financiar a seguridade social.

Alq. COFINS Majorada

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do COFINS Majorada – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social Majorada. Refere-se à situação, em nível de item de importação, em que deve-se pagar uma alíquota diferente (maior) de COFINS para fins de pagamento. Porém esse valor a maior não é a que a empresa toma de crédito, devido a isso foi necessária sua implantação.

 Os campos Atividade sujeita à contribuição previdenciáriaInício da escrituraçãoFim da escrituração e Alíquota incidente sobre receita bruta serão preenchidos de acordo com o arquivo gerado pelo SPED. Essas informações são utilizadas na geração do bloco P do SPED de acordo com a Medida Provisória 563/12 do Plano Brasil Maior. É um incentivo do governo pelo qual as empresas deixam de recolher 20% de contribuição previdenciária sobre a folha de pagamento e passam a pagar entre 1% e 2% sobre seu faturamento. As informações desses campos serão preenchidas após ser feita a instalação do validador do SPED. Essa instalação geralmente estará no seguinte caminho: C:\Program Files (x86)\Programas_SPED\PisCofins2\recursos\tabelas no arquivo de nome: SPEDPISCOFINS_OPER_CONTRIB$SPEDPISCOFINS_COD_ATIVIDADE$1 – alterando somente o número final, de acordo com a versão do arquivo. Após ser feita essa instalação, o usuário poderá utilizar a ferramenta Atualizar dados referente a contribuição previdenciária (Alt+S) que os campos citados acima já aparecerão preenchidos. O próprio arquivo verifica quais produtos se enquadram nessa medida.

 Ferramentas de Importação

Através destas ferramentas é possível realizar a importação de registros de NCM a partir do arquivo CENCM.xml, que é disponibilizado na pasta XML da instalação do sistema (\\Nome_Servidor\Symphony\XML).

Clicando na seta para baixo ao lado desta ferramenta, são disponibilizadas as opções:

Importar – Desconsiderar atualização dos registros existentes (ALT + I)

Ao acessar esta opção, será exibida uma janela para a seleção do arquivo XML a partir do qual serão importados os registros de NCM. A execução desta ferramenta apenas importará os registros que não existam, não realizando a atualização de registros já existentes.

Importar – Regravar os Dados (ALT + R)

Ao acessar esta opção, será exibida uma janela para a seleção do arquivo XML a partir do qual serão importados os registros de NCM. Ao execução desta ferramenta, além de importar os registros que não existem, também realizará a atualização dos registros já existentes.

Atualizar dados referentes à contribuição previdenciária (ALT + S)

Através dessa ferramenta será possível atualizar o cadastro de NCM de acordo com a tabela Código de Atividades, Produtos e Serviços Sujeitos à Contribuição Sobre a Receita Bruta. Com essa opção serão atualizados os campos: Atividade sujeita à contribuição, Início da escrituração, Fim da escrituração e Alíquota %.

Essa tabela será disponibilizada no diretório: c:\Program Files\Programas_SPED\PisCofins2\recursos\tabelas, após a instalação do validador spedcontribuicoes_w32-2.0.1a ou superior.

O download do validador poderá ser feito acessando o site neste link.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 4499 – Ferramenta que importa os dados referentes à contribuição previdenciária para o cadastro de NCM.

 Alterar código de Atividade do NCM

Esta ferramenta permite realizar um “De: / Para:”  da atividade do NCM, carregando a nova tabela para a base de dados do sistema, permitindo que se faça os relacionamentos e usar na geração do REINF.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 3458 – Manutenção de Nomenclatura Comum do Mercosul.

NCM

Neste campo informe o lote de NCM que será alterado o código de atividade, a seleção pode ocorrer da seguinte maneira:

– Inicia/Termina que altera: Altera os códigos de atividades dentro do intervalo informado.

– Inicia: Altera os códigos do lote de NCM a partir do código de atividade informado  

– Termina: Altera o lote do código final informado no campo.

Novo Código de Atividade

Informe neste campo o novo código que passará a ser da atividade de NCM informado nos campos anterior.

Clique em Preview para pré-visualizar na tabela abaixo os NCMs que serão alterados.

Clique em Processar para prosseguir com a alteração.

Replicar Dados

Através desta ferramenta é possível replicar informações de determinado NCM (Origem) e fazer a cópia das mesmas para demais NCMs (Destino), assim agilizando o processo do usuário em atribuir dados similares, sem a necessidade de fazer manualmente.

A ferramenta trabalha da seguinte forma:

  • Selecione um NCM no grid e clica no botão  Replicar Dados, este NCM será o que ficará com as informações disponíveis para cópias na tabela Origem da ferramenta.
  • Marque  na tabela Origem os campos que deseja replicar em outros NCMs.
  • Na tabela Destino da ferramenta de Replicação de Dados, marque  os NCMs que receberão as informações do NCM (Origem).
  • Clique em Processar para realizar a operação.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 5262 – Permissão para uso da ferramenta de replicar campos Produtos e Serviços.

2- Exceção de NCM           

Nesta manutenção cadastra-se todas as exceções da NCM, caso existam. Na exceção é informado produtos que possuem o mesmo código de NCM, mas que possuem Alíquota diferente da padrão estabelecida para o código.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeID1003597.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo, é utilizada no módulo Comércio Exterior(pSymCEI01.exe).

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 3518 – Manutenção de Exceção de Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM).

Ao clicar no botão   Adicionar (Alt + A), informe os campos para o cadastro:

Código

Ao clicar em Adicionar, o código será gerado automaticamente, sendo exibido após o usuário gravar o novo registro.

Descrição

Informe a descrição (nome de identificação) da exceção da NCM.

Cd. Siscomex

Informe o código do Sistema Integrado de Comércio Exterior, que é um instrumento informatizado, por meio do qual é exercido o controle governamental do comércio exterior brasileiro. É uma ferramenta facilitadora, que permite a adoção de um fluxo único de informações, eliminando controles paralelos e diminuindo significativamente o volume de documentos envolvidos nas operações. 

Alq. IPI

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Alq. II

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do Imposto de Importação (II).

Alq. II Mercosul

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do Imposto de Importação (II) em caso de países do Mercosul.

Alq. PIS

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do PIS – Programa de Integração Social, que é uma contribuição social de natureza tributária, devida pelas pessoas jurídicas, com objetivo de financiar o pagamento do seguro-desemprego e do abono para os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos.

Alq. COFINS

Informe o percentual ou o valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor do COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social. É uma contribuição federal, de natureza tributária, incidente sobre a receita bruta das empresas em geral, destinada a financiar a seguridade social.

Clique no botão  Gravar (Alt + G).

CEST

Nesta manutenção cadastra-se as informações referentes ao CEST, que estabelece uma forma de uniformizar e identificar as mercadorias e bens passíveis de sujeição ao regime de substituição tributária e de antecipação de recolhimento do ICMS com o encerramento de tributação, relativos às operações subsequentes. Sua regulamentação se dá através do convênio ICMS 92/15.

1- CEST

Nesta aba são informados  os códigos do CEST  e suas respectivas descrições.

Ao clicar no botão  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição de dados, onde deverá ser informado:

Código

Informe o código, de acordo com a codificação oficial do CEST. O código identificador é composto por 8 caracteres numéricos.

Descrição

Informe a descrição oficial da CEST que está sendo cadastrado.

 Vincular CEST com os produtos

Esta ferramenta realiza o processo de vínculo do CEST com os produtos cadastrados com seus respectivos NCMs informados na aba 2 – NCMs para CEST selecionado.

 Marcando  a opção “Realizar o vínculo entre os produtos e o CEST mesmo para os CESTs que estão vinculados à um grupo de NCM“, os produtos que já possuem CEST vinculados ao seu NCM serão atualizados com os vínculos definidos nesta manutenção.

2- NCMs para o CEST selecionado

Nesta aba são informados  os códigos de NCM e suas respectivas descrições, que são vinculados ao CEST selecionado.

Ao clicar no botão  Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição de dados, onde deverá ser informado:

CEST

Esta coluna será preenchida automáticamente com o código do CEST selecionado na aba 1 – CEST.

Código

Informe o código, de acordo com a codificação oficial do CEST. O código identificador é composto por 8 caracteres numéricos.

Descrição

Informe a descrição oficial da CEST que está sendo cadastrado.

NVE           

A Nomenclatura de Valor Aduaneiro e Estatística – NVE, é o conjunto de propriedades (definível em qualquer nível da classificação NCM), criado para melhor caracterizar os produtos segundo espécies, marcas comerciais, tipos, modelos, séries, etc. Só deve ser preenchido quando a mercadoria for composta de apenas um produto e somente quando utilizado o primeiro método de valoração.  Serve de fonte para aprimorar as estatísticas de comércio exterior através de um maior detalhamento do produto.

Exemplo:  Ao importar uma chapa de aço, é possível que na descrição do produto não existam todas as informações. Portanto, é atribuído um registro de especificação de NVE a este produto na Adição:

NVE: Espessura (micra)

Especificação: 0001 – Até 12

Especificação: 0002 – Superior a 12 até 30

Especificação: 0003 – Superior a 30

Neste caso, escolhe-se uma das especificações para o item, para melhor classificar a mercadoria para fins estatísticos na aduana internacional, etc.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeID003510.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar no botão   Adicionar (Alt + A), será exibida uma nova linha na tabela de exibição de dados, onde deverá ser informado:

Código

Este campo será preenchido automaticamente pelo sistema, formando uma seqüência numérica.

Descrição

Informe uma descrição, ou seja, um nome de identificação para a NVE que está sendo cadastrada.

Atributo

Informe o código que indica o atributo escolhido para caracterizar a mercadoria, conforme a tabela “Atributos para Valoração”, administrada pela SRF.

Nível

Selecione a opção que se aplica ao NVE cadastrado: 1 – Posição do NCM ou 2 – SubItem do NCM. Este indica a partir de qual nível da mercadoria NCM se referem atributo e especificação.

Permite Repetição

Selecione  este campo caso deseje permitir a repetição do NVE.

Posição do NCM

Se optar pela Posição do NCM no campo Nível, digite o código da Posição do NCM, ou pressione a tecla ENTER para realizar uma pesquisa.

Descrição da Posição

Informe a descrição do NCM  ou pressione ENTER para realizar uma pesquisa.

Subitem do NCM

Informe o código que indica a partir de qual nível da mercadoria NCM se referem atributo e especificação.

Descrição do Subitem

Informe a descrição que indica a partir de qual nível da mercadoria NCM se referem atributo e especificação.

Plano de Categoria           

Nesta janela cadastra-se o Plano de Categorias de Produtos e Serviços. Esse plano serve para posterior categorização de produtos. Classificando os produtos de acordo com um Plano de Categorias, pode-se obter relatórios exibindo informações de produtos em vários prismas. Dessa forma, os dados poderão ser selecionados ou totalizados de acordo com as categorias definidas.

Categoria é um grupo de pessoas, objetos, classes, todas tendo algum atributo em comum. Esse recurso permite o agrupamento ou seleção no momento de filtrar alguma informação.

Um produto poderá pertencer a uma ou mais categorias.

Ao adicionar uma nova categoria, informe os campos:

Código

Digite o código do registro que irá compor o plano. Pode-se criar uma sequência de códigos para a melhor identificação dos registros. Exemplo: 01000, 01010, 02000, etc.

Descrição

Digite o nome que descreverá da categoria.

Nível

O nível informado indica a hierarquia das classificações.

Código Classificação Pai

Informe qual é a classificação pai da categoria, ou seja, o código da classificação sintética da categoria que está sendo cadastrada.

Tipo Classificação

Selecione se a classificação é Sintética ou Analítica. Caso seja informada Analítica, deve-se informar também o Código da Classificação Pai.

Disponível para Força de Vendas

Selecionando Sim ou Não esta opção, a categoria estará disponível ou não para as manutenções de Força de Vendas de acordo com a seleção deste campo.

Estrutura Padrão / Roteiro Padrão
Nestes campos é realizado o vínculo do roteiro e da estrutura padrão, podendo ser atribuídos automaticamente a produtos que possuam a mesma categoria. Desta maneira quando um produto for cadastrado, com uma categoria que possua roteiro e estrutura padrão vinculado, estas informações serão adicionadas ao cadastro do produto.

 O roteiro e a estrutura só serão adicionados ao produto se o mesmo ainda não possuir nenhum registro nas abas Estrutura e Roteiro.

Identificação para codificação estruturada
Neste campo pode-se atribuir um código alfa numérico de até 3 caracteres, as informações neste campo será utilizado para realizar a codificação estruturada do produto, ou seja, o código do produto será criado automaticamente com base na categoria, conforme o exemplo abaixo:

 Este recurso é opcional, sendo assim é necessário habilitá-lo no módulo: Configurador Geral >> menu Arquivo >> Configurações do Sistema >> link Produtos >> Opção: Empresa Adota Codificação Estruturada para Produtos.

 A opção estará disponível somente se a situação da empresa for Industrial.

Então o sistema irá atribuir o código ao produto da seguinte maneira: PI.CE.60.000.

  • PI é o identificador da categoria PISO, depois temos o CE referente a categoria Cerâmicos, em seguida temos o identificador 60 representando o tamanho do piso e por fim teremos 3 dígitos que será o código do produto propriamente dito, essa sequencia será gerada automaticamente pelo sistema.

Exemplo 1 – classificação de categorias:

CódigoDescriçãoNívelTipo Class.Cd. Categ. Pai
010000Total de Produtos1Sintético 
020000   Micros2Sintético010000
030000      Placas3Sintético020000
040000         Vídeo4Analítico030000
050000         Rede4Analítico030000
060000         Som4Analítico030000
070000         Fax Modem4Analítico030000
080000      Teclados3Sintético020000
090000      Mouses3Sintético020000
011000         Mouse Pad4Analítico090000
012000      Outros3Sintético020000
013000      Acessórios3Sintético020000
014000         Filtros4Analítico013000
015000         Cabos4Analítico013000
016000         Conectores4Analítico013000

No caso do exemplo citado acima, a categoria Total de Produtos não tem categoria pai porque ela não será totalizada em nenhuma outra categoria.

Ao gravar o registro, o código de categoria pai ficará desabilitado. Para alterar o código da categoria pai, no lado direito da manutenção, onde visualiza-se o plano de categorias em forma hierárquica, clique em cima do registro desejado, e mova-o até a categoria pai desejada.

Exemplo 2:

No exemplo 1, a categoria pai de Mouse Pad é Mouse.  Suponha-se que a categoria pai de Mouse Pad está errada e a correta seja Acessórios.

Neste caso,  deve-se clicar em cima da categoria Mouse Pad, arrastar até a categoria Acessórios e soltar.

 Essas opções não alteram a categoria pai. A categoria pai somente poderá ser alterada, conforme foi citado no exemplo 2 (arrastando a categoria até a categoria pai desejada).

 Ao fazer alteração na categoria, será verificado se ela está alocada para algum produto/serviço. Caso esteja, não será permitida a alteração.

 Os campos Descrição e Disponível para Força de Vendas poderão ter seu conteúdo alterado mesmo quando a categoria já está alocada para algum produto ou serviço.

 Caso exista categorias órfãs nos Plano de Categorias de Clientes e Fornecedores o sistema não irá exibir a aba no cadastro. Clique aqui e saiba como resolver este caso.

 Cópia Similar de Categorias

Esta ferramenta facilita e agiliza a entrada e replicação de Categorias de clientes e fornecedores.

Para realizar o cadastrado clique sobre o botão  Cópia Similar (Alt+C) e preencha os respectivos campos do cadastro de categoria, pois a cópia abrirá a nova categoria em modo de edição

Campos Adicionais de Produtos          

Nesta janela são cadastrados os Campos Adicionais que o produto ou serviço possui.

Esta manutenção é apenas para a criação desses campos, o conteúdo será informado no botão Campos Adicionais na manutenção de Produtos ou Serviços.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeID001099.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar em Adicionar, será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, onde deverá ser informado:

Código

Pode-se criar uma seqüência de códigos. Por exemplo: 001, 002, etc.

 Não será permitido que seja adicionados códigos iniciados com o Prefixo “SY”, pois este é utilizado internamente pelo sistema.

Descrição

Digite a descrição do Campo Adicional que está sendo criado.
 

Destino

Selecione  em qual manutenção este campo adicional deva aparecer: Produtos, ServiçosMaterial de Consumo ou Todos

 Pode ser inserido o Campo Adicional em todos os produtos cadastrados. Para isso, clique na Ferramenta de Replicação de Campo Adicional . Ao clicar neste botão, aparecerá uma janela para que seja informado o conteúdo ou resposta padrão do campo Adicional. Ao clicar no botão OK, essa ferramenta irá sobrescrever conteúdos já existentes e exibirá mensagem de confirmação ao concluir o processo.

 Alguns desses Campos Adicionais são reservados pelo sistema, que faz internamente o tratamento baseado em seus códigos. São apresentados na tabela abaixo alguns exemplos desses campos, que podem ser conferidos na manutenção de Campos Adicionais, tendo estes seu código iniciado pelo prefixo “SY”. Esse prefixo não pode ser cadastrado em outros campos adicionais, pois são automaticamente inseridos por processos do Dataplace ERP.

 Ao excluir um campo adicional, serão apagados também todos os vínculos existentes entre esse campo e as manutenções de Clientes ou Fornecedores.

Cadastro de Movimentos           

Nesta manutenção cadastra-se as movimentações que poderão ser feitas no estoque. Exemplos: entrada de produtos por compra, entrada de produtos em estoque devido a cancelamento de vendas, saída de produtos do estoque devido a vendas, etc.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeid000214.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar no botão Adicionar, será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, onde deverá ser informado:

Código / Descrição

Digite o código de identificação e a descrição para o movimento do estoque a ser cadastrado. Você pode definir uma seqüência numérica para as movimentações, por exemplo: 01, 02, 03, etc.

Situação

Selecione a situação do movimento do estoque, de forma a determinar a ação do mesmo sobre as quantidades movimentadas no estoque, podendo ser C – Crédito (adiciona quantidades no estoque), D – Débito (retirar quantidades do estoque) ou N – Nada (não interfere nas quantidade do estoque).

 Não será permitido alterar o conteúdo desta coluna caso o movimento já tenha sido utilizado, ou esteja definido em algum parâmetro de Configuração.

Atualiza Custo

Selecione  essa opção caso deseje que quando o movimento for utilizado, o custo do produto movimentado deva ser atualizado.

Essa informação será utilizada no momento de inserir um entrada no estoque pela manutenção de Movimentos.

Unidades/Conversão de Unidades           

Nesta manutenção cadastra-se as possíveis dos produtos, como Gr (grama), Cx (caixa), Pc (pacote), Mil (milheiro), etc. Pode-se também definir as características de cálculo para a conversão de uma unidade para outra. Posteriormente essas unidades serão informadas na aba Dados Básicos da manutenção de Produtos.

Essa manutenção é dividida em duas abas, sendo:

1- Unidade

Nesta aba são cadastradas as unidades de produtos.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeID000135.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar em Adicionar, será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, onde deverá ser informado:

Código

Informe um código que melhor identifique a unidade que está sendo cadastrada.

Abreviação – para fins de comércio interno

Informe a abreviação da unidade que será utilizada e sairá impressa na Nota Fiscal quando for uma nota no mercado interno.

Abreviação – para fins de comércio externo

Informe a abreviação da unidade que será utilizada e sairá impressa na Nota Fiscal quando for uma nota para o mercado externo, ou seja, exportação.

 Quando for uma nota fiscal de saída e o país do destinatário for diferente do país do emitente será utilizada a Abreviação para fins de comércio externo.

Descrição

Informe a descrição (nome) da unidade.

Tipo da Unidade

Selecione se a unidade corresponde a ÁreaComprimentoPesoTempoVolume ou Outros.

Cd. Siscomex

Informe o código do Siscomex (Sistema Integrado de Comércio Exterior).

Permite movimentação Fracionada

Marque esta opção caso a unidade possa ser movimentada de forma fracionada. Por exemplo quilo, gramas, metros são medidas que  podem ser fracionadas (1,5 metros, 2,4 quilos, etc ). No entanto unidades como peças e volumes só podem ser movimentado em quantidades inteiras (1 volume, 2 peças, etc).

2- Conversão de Unidades

Nesta aba define-se as regras de conversão de uma determinada unidade para outra.

 Para o correto funcionamento desta manutenção é utilizado o codeID000136.egn, de forma que, caso haja necessidade de personalização de processos no momento de incluir, excluir ou alterar um registro, essa possa ser feita no mesmo.

Ao clicar em Adicionar, será exibida uma nova linha na tabela de exibição dos dados, onde deverá ser informado:

Unidade 1

A unidade 1 é a que será convertida. Para selecionar a unidade 1, digite seu código e pressione TAB, ou tecle ENTER para pesquisar pela descrição.

Unidade 2

A unidade 2 é o resultado da conversão, será a unidade de manipulação do estoque. Para selecionar a unidade 2, digite seu código e pressione TAB, ou tecle ENTER para pesquisar pela descrição.

Fator

Informe um número que será o fator de conversão, por exemplo: fator “1000”, no caso de conversão de quilômetro (Km) para Metro (m). Este campo aceita no máximo 8 casas decimais.

Tipo de Conversão

Selecione o tipo de conversão: D – DividirM – MultiplicarB – Multiplicar pelo peso bruto do produtoL – Multiplicar pelo peso líquido do produtoV – Divide pelo peso líquido do produto ou I – Divide pelo peso bruto do produto.  

A conversão de unidades será feita em algumas manutenções do Dataplace ERP, como: Pedido, Compras, NRM, Cálculo de Custo, etc. Nesse processo poderão ser convertidas as unidades de estoque e peso.

Veja alguns Exemplos

Exemplo 1: Vendas – Conversão de Peso

Produto A é vendido em mililitros (ml) e comprado em litros (L). Portanto, ao realizar a venda de 100 ml do Produto A, será impresso na Nota Fiscal 0,10 L, correspondente à quantidade vendida.

Neste exemplo, o sistema fez a seguinte conversão: 100ml dividido por 1000L = 0,1 Litros.

Lembrando que a unidade a ser impressa na Nota Fiscal é definida no Configurador Geral do Sistema >> link Vendas/Faturamento >> aba Nota Fiscal >> campo “Unidade utilizada na impressão de pesos da nota fiscal”.

Exemplo 2: Produto – Entrada no estoque

Produto A é comprado em quilograma (Kg) e vendido em Grama (g). Realizado uma Ordem de Compra de 15Kg do produto através do sistema de Compras, no momento do encerramento do item, ou da ordem de compra inteira, será dado entrada no estoque de 15.000 g do produto comprado, ou seja, o sistema converte a unidade do produto para a unidade padrão de manipulação do estoque.

Neste exemplo, o sistema fez a seguinte conversão: 15Kg multiplicado por 1000g = 15.000g.

É possível também realizar as seguintes ações:

  • Multiplicar pela quantidade por embalagem do fornecedor do produto
  • Dividir pela quantidade por embalagem do fornecedor do produto

Caso exista uma conversão de unidades configurada da forma citada acima, o sistema passa a considerar os dados da produtofornecedor.qtdporembalagem e a produtofornecedor.unidqtdporembalagem para realizar a regra de conversão de unidades em todos os pontos do sistema que utilzam essa regra, para o estoque do produto.

Exemplo 3:
PCU = Pacote Unitário
PCV = Pacote Variado

Unidade Estoque = PCU
Unidade Compra Fornecedor = PCV
Qtde por Embalagem = 100
Quantidade = 1

Multiplica pela quantidade por embalagem do fornecedor do produto
Fator = 1
Regra:
Caso Unidade Estoque e Unidade Compra Fornecedor diferentes:
Quantidade * Quantidade por Embalagem * Fator
Senão:
Quantidade * Fator

Divide pela quantidade por embalagem do fornecedor do produto
Fator = 1
Regra:
Caso Unidade Estoque e Unidade Compra Fornecedor diferentes:
Quantidade / Quantidade por Embalagem * Fator
Senão:
Quantidade * Fator

Simular (Alt + S)

Através desta ferramenta é permitido ao usuário simular o resultado da conversão de unidades. Para isso,  selecione a conversão de unidade que deseja simular clique na ferramenta ou utilize as teclas de atalho ALT + S.

Preencha os campos Valor a Converter e Fator de Conversão. Clique no botão Simular e o valor referente à conversão será exibido no campo Resultado.

Centros de Trabalho(UP)           

Esta manutenção tem a finalidade de efetuar o cadastro dos Centros de Trabalho/UPs necessários, ou seja, o local onde os ativos ficarão armazenados ou serão produzidos.

 Para acessá-la, clique no menu Estoque>> Produtos e Serviços > Centro de Trabalho.

A seguinte janela será exibida:

A manutenção é dividida em cinco abas, sendo elas:

1- Dados Gerais           

Através desta aba é possível informar os dados gerais referentes ao Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrada.

Informe os seguintes campos:

Código / Descrição

Informe nestes campos os dados de identificação do Centro de Trabalho a ser cadastrado;

Situação

Neste campo informa-se o Centro de Trabalho está ativo ou inativo;

Referência

Clique na seta para baixo e selecione a referência do Local de estocagem cadastrado, entre as opções: Não definidaEstoque (indica o local de estocagem) ou Centro de Transformação (indica o local de processo de produção).

CD / CIF

Informe os valores correspondentes ao Custo Direto de Operações e ao Custo Indireto de Fabricação/Operações.

 O Custo Direto de Operações corresponde ao custo diretamente relacionado ao produto. Ele representa o consumo de recurso de forma mais objetiva e não necessita de rateios para ser atribuído ao objeto custeado.

Exemplos: Custos com matéria prima, mão de obra dos operários, serviço subcontratado aplicado diretamente ao produto.

Custo Indireto de Fabricação/Operações, por sua vez, é aquele que não pode ser atribuído diretamente ao produto, pois é comum a dois ou mais objetos de custeio, devendo ser atribuído por meio critérios de rateio.

Exemplos: Depreciação, manutenção de equipamentos, materiais indiretos (aqueles empregados nas atividades auxiliares de produção ou cuja relação com o produto é irrelevante, como graxas, lixas, etc).

Custo Total

Este campo será calculado automaticamente, de acordo com os valores informados nos campos CD e CIF. Indica o valor necessário para que a empresa mantenha esta UP.

Índice de Custo

Caso o valor de custo esteja indexado em uma outra moeda, neste campo deverá ser indicado qual. Para isso, clique na seta para baixo e faça a seleção.

Unidade do Custo

Neste campo informe a unidade referente ao valor de custo informado. Por exemplo: Minuto, Hora, Dia, Mês, Ano. Para isso, digite o código da unidade desejada, ou faça uma busca através do botão Binóculo de Pesquisa. Contudo, a informação só estará disponível para pesquisa, se no seu cadastro, o Tipo da Unidade estiver definido como Tempo. Esta informação poderá ser cadastrada através do módulo Produtos e Serviços, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle >> Unidades.

Unidade de Medida

Neste campo informe qual a unidade de medida que será utilizada para este Centro de Trabalho/UP. Para isso, clique na seta para baixo e faça a seleção. Esta informação poderá ser cadastrada através do módulo Produtos e Serviços, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle >> Unidades.

Centro de Custo

Neste campo informe qual o Centro de Custo correspondente ao Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado. Para isso, digite o código do Centro de Custo, ou faça uma pesquisa utilizando o botão Binóculo de Pesquisa. Contudo, o Centro de Custo só estará disponível para pesquisa, se no seu cadastro ele estiver definido como Ativo pra Uso. Esta informação poderá ser cadastrada através do módulo de Compras, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle >> Centro de Custo.

Responsável

Neste campo informe qual o profissional responsável por este Centro de Trabalho/UP. Para isso, digite o código do responsável, ou faça uma busca através do botão Binóculo de Pesquisa. Contudo, na pesquisa só serão considerados os colaboradores que estiverem definidos como Ativo. Esta informação poderá ser cadastrada através da manutenção de Colaborador, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle.

Fornecedor

Neste campo informe se há um fornecedor específico para o Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado. Para isso, digite o código do fornecedor, ou faça uma busca através do botão Binóculo de Pesquisa. Contudo, na pesquisa só serão considerados os fornecedores que estiverem definidos como Ativos. Esta informação poderá ser cadastrada através do módulo Clientes e Fornecedores, em menu Arquivo >> Fornecedores.

Cliente

Neste campo informe se há um cliente específico para o Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado. Para isso, informe o código do cliente, ou faça uma busca através do botão Binóculo de Pesquisa. Contudo, na pesquisa só serão considerados clientes que estiverem definidos como Ativos. Esta informação poderá ser cadastrada através do módulo Clientes e Fornecedores, em menu Arquivo >> Clientes.

Grupo de Centro de Trabalho

Neste campo informe qual o grupo do Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado. Para isso, informe o código do grupo, ou faça uma busca através do botão Binóculo de Pesquisa. Esta informação poderá ser cadastrada através do módulo CRP – Planejamento de Necessidade de Capacidade, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle >> Grupo.

E-mail para notificação/alerta

Neste campo informe um e-mail que receberá as notificações e alertas do sistema referente a este Centro de Trabalho/UP.

Endereço
Neste campo de poderá informado o endereço do Centro de Trabalho. O cadastro é realizado na manutenção Endereço do Local de Estocagem.

Liberado para Venda

Ao marcar  esta opção, confirma-se que todos os produtos existentes no Centro de Trabalho/UP em questão, estão liberados para a venda.

Disponível para Produção

Ao marcar  esta opção, confirma-se que todos os produtos existentes no Centro de Trabalho/UP em questão, estão disponíveis para produção.

Disponível para Compras

Ao marcar  esta opção, confirma-se que todos os produtos existentes no Centro de Trabalho/UP em questão, estão disponíveis para compra.

2- Dados da Produção           

Através desta aba é possível informar os dados da produção referentes ao Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado.

A seguinte janela será exibida:

Informe os seguintes campos:

Linha de Produção

Neste campo informe qual a linha de produção que será responsável pelo abastecimento do Centro de Trabalho/UP em questão.

Índice de Aproveitamento

Neste campo informe qual o índice de aproveitamento de produção desta linha. Este campo é liberado para aceitar uma porcentagem maior que 100.

Tempo da Fila

Neste campo informe qual o tempo de fila desta linha, até que um produto seja produzido.

Unidade

Neste campo selecione a unidade. Somente estará disponível para seleção, se no seu cadastro, o Tipo da Unidade estiver definido como Tempo. Esta informação poderá ser cadastrada através do módulo Produtos e Serviços, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle >> Unidades.

Capacidade

Neste campo informe qual a capacidade desta linha de produção.

Tempo Disponível

Neste campo informe qual o tempo disponível até que um produto seja produzido.

Unidade

Neste campo selecione a unidade. Somente estará disponível para seleção, se no seu cadastro, o Tipo da Unidade estiver definido como Tempo. Esta informação poderá ser cadastrada através do módulo Produtos e Serviços, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle >> Unidades.

Flushing Method

Manual

Marque  esta opção caso o cálculo e consumo do item em produção seja feito manualmente.

Forward

Marque  esta opção caso o software automaticamente calcula e consome o item quando a Ordem de Produção é liberada.

Backward

Marque  esta opção caso o software automaticamente calcula e consume o item quando a Ordem de Produção é finalizada.

Modalidade Disponível

Neste campo selecione a modalidade de apontamento. Podendo ser: 1- Manual2- Automático – Entrada de Manufaturado saída de Material3- Automático – Apenas Entrada do Manufaturado e 4- Automático – Apenas Saída de Material.

3- Turno           

Através desta aba é possível informar os dados dos turnos referentes ao Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado.

Informe o seguinte campo:

Turno

Neste campo informe o código do turno ao qual este Centro de Trabalho/UP pertence. Caso preferir, faça uma busca através do botão Binóculo de Pesquisa. Serão exibidas todas as informações referentes ao turno cadastrado. Essa informação poderá ser cadastrada através do módulo CRP – Planejamento de Necessidade de Capacidade, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle >> Turnos.

4- Centros Alternativos           

Através desta aba é possível informar os dados dos centros alternativos referentes ao Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado.

Informe os seguintes campos:

1 à 5

Nestes campos informe os códigos dos respectivos Centros Alternativos (UP). Caso preferir, faça uma busca através do botão Binóculo de Pesquisa. Contudo, não serão exibidos na pesquisa, os centros de trabalho que estiverem com situação Inativo. Essa informação poderá ser cadastrada através da manutenção Centros de Trabalho/UP, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle.

5- Recurso de Produção

Esta aba tem a finalidade de cadastrar quais os recursos que o Centro de Trabalho (UP) em questão possui.

Informe o seguinte campo:

Recurso de Produção

Este campo tem como finalidade indicar qual o recurso de produção que será utilizado para este Centro de Trabalho/UP. Para isso, digite o código do recurso, ou faça uma busca através do botão pressionando ENTER em um dos campos em amarelo. Para acrescentar um novo recurso clique no botão  Adicionar (ALT+A).

 Inserir Recursos p/ o Centro de Trabalho

Nesta ferramenta é possível acrescentar recursos de produção ativos ao Centro de trabalho, marcando-os na janela que será exibida.  

6- Ocorrências           

 Nesta aba poderão ser cadastradas as ocorrências das UPs.

Informe os seguintes campos:

Código

Neste campo informe um código (letra ou número) para a identificação.

Descrição

Neste campo informe uma descrição detalhada sobre a UP que está sendo cadastrada.

Crédito / Débito

Este campo é preenchido automaticamente pelo sistema de acordo com o que foi preenchido no cadastro da Ocorrência, que poderá ser feito através do módulo SFC – Controle de Fábrica Standard, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle >> Ocorrências da Produção.

Início

Neste campo informe a partir de qual data a ocorrência em questão terá validade.

Fim

Neste campo informe até qual data a ocorrência em questão terá validade.

Tempo Total

Este campo informa o tempo total de acordo com que foi informado nos campos anteriores (Início e Fim).

Observação

Este campo poderá ser utilizado para inserir qualquer informação necessária sobre a ocorrência.

 Replicar Ocorrências

Esta ferramenta permite replicar as ocorrências do Centro de Trabalho (Origem) para outro local Centro de Trabalho (Destino). O processo é feito marcando  as ocorrências na tabela, este processo existe afim de agilizar o processo na informação de ocorrências.

Pressione Enter nos campos Centro de Trabalho – Destino ou pressione ENTER para pesquisar os Centros de Trabalhos que receberão a Ocorrência replicada, para adicionar clique no botão  Adicionar Registro a Lista.

Ferramentas           

 Cópia Similar (Alt+C)           

Esta ferramenta tem a finalidade de agilizar o processo de cadastrar um novo Centro de Trabalho/UP, sendo necessário efetuar apenas ajustes.,

Informe os seguintes campos:

Centro de Trabalho – Origem

Neste campo informe qual o código do centro de trabalho que terá seus dados copiados. Para isso, digite o código, ou se preferir, faça uma busca utilizando o botão Binóculo de Pesquisa. Por padrão, este campo virá preenchido com o conteúdo selecionado na grade da manutenção Centros de Trabalho/UP, mas poderá ser alterada caso haja necessidade. Contudo, só estarão disponíveis para pesquisa Centros de Trabalho que estiverem definidos como Ativo. Essa informação poderá ser cadastrada através da manutenção Centros de Trabalho/UP, em menu Arquivo >> Tabelas de Controle.

Centro de Trabalho – Destino

Neste campo informe um código e uma descrição para o Centro de Trabalho/UP que está sendo cadastrado.

Copiar Ocorrências por Centro de Trabalho

Ao marcar  esta opção, todas as ocorrências existentes no centro de trabalho origem serão copiadas para o destino.

Clique no botão  Processar. Será exibida uma mensagem confirmando o processo.

Endereçamento de Local de Estocagem

Nesta manutenção são cadastrados os endereçamento de estocagem que são descritos em analogia a forma como as cidades identificam as moradias aplicando, aos endereços dentro de um armazém: ruas, números de casas e edifícios, andares e números de apartamentos identificando assim corredores (ruas)módulos  (edifícios)nível (andar) e vão (apartamento).

Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 5655 – Manutenção de Enderaçamento de Local de Estocagem.

Ao adicionar um endereçamento informe os seguintes campos:

Código
Digite o código do registro que irá compor o endereçamento. Pode-se criar uma sequência de códigos para a melhor identificação dos registros. Exemplo: 01000, 01010, 02000, etc.

Descrição
Digite o nome que descreverá o endereçamento.

Tipo de Registro
Selecione se a classificação é Endereço ou Agrupamento. Caso seja informada Endereço, deve-se informar também o Agrupador Pai.

Agrupador Pai
Informe qual é o agrupador pai do endereço, ou seja, o código de agrupamento do endereço que está sendo cadastrada, como por exemplo armazém (cidade)rua (corredor)módulo (edíficio), etc.

 Cópia Similar (ALT+C)

Esta ferramenta facilita e agiliza a entrada e replicação dos endereçamentos.

Para realizar o cadastrado clique sobre o botão  Cópia Similar (Alt+C) e preencha os respectivos campos do cadastro de endereçamento de local de estocagem, pois a cópia abrirá a novo registro em modo de edição.

Manutenção de Operador de WMS

O operador de WMS é o responsável pela realização do processo de Picking (separação) do produto, sempre que houver uma requisição de transferência, o operador que realizou estará constando nesta requisição, junto do número do terminal e da data/hora inicial e final do processo.

 Para acessar esta manutenção vá até o menu Administração >> Setup da Aplicação >> Estoque >> Operador de WMS.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 5666 – Manutenção de Operador de WMS.

Para cadastrar um Operador de WMS, preencha os seguintes campos:

Código / Nome
Informe um código e o nome do operador.

Terminal / Descrição
Pressione ENTER em um dos campos ou digite  o código do terminal que o operador será responsável. Os terminais são cadastrados na manutenção Terminal do WMS.

Usuário / Nome Usuário
Informe um usuário, digitando o código ou pressionando ENTER em um dos campos,  para vincular ao operador que está sendo cadastrado.

 Para trabalhar com a sincronização de dados desta manutenção, será necessário executar a ferramenta Upgrade de Dados >> Aba Sincronismo >> opção Inserir/Atualizar Tabelas do Sincronismo (Tabelas/Campos).

Manutenção de Embalagens

Nesta manutenção são cadastrados as embalagens de WMS (Warehouse Management System), dos produtos que trabalham com o processo de Picking & Packing. As informações cadastradas nesta manutenção será utilizada no processo de Packing do P&P.

 Para acessar esta manutenção vá até o menu Administração >> Setup da Aplicação >> Estoque >> Manutenção de Embalagens do WMS.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 5670– Manutenção de Embalagens.

Para cadastrar uma embalagem, preencha os seguintes campos:

Código Embalagem / Descrição
Informe nestes campos o código e descrição da embalagem que está sendo cadastrada.

Altura / largura / comprimento
Nestes campos atribua as medidas da embalagem, correspondente com cada campo.

Peso
Informe o peso do produtos de acordo com a unidade que será informada no campo a seguir.

Unidade/Descrição (Unidade)
Informe o código ou pressione ENTER para selecionar uma unidade de medida cadastrada na manutenção Unidades.

 A unidade informada nestes campos, precisa ser compatível(idem, ou existir conversão de unidades) com a informada no Configurador Geral >> Vendas/Faturamento >> Unidade utilizada para peso da nota fiscal.

 Para trabalhar com a sincronização de dados desta manutenção, será necessário executar a ferramenta Upgrade de Dados >> Aba Sincronismo >> opção Inserir/Atualizar Tabelas do Sincronismo (Tabelas/Campos).

Terminal WMS

O terminal WMS é a área de separação do produto e esta informação deve ficar armazenada para que se possa saber, com base na NF ou no pedido. Os dados desta manutenção deverão complementar as requisições de transferência no processo de Picking & Packing.

 Para acessar esta manutenção vá até o menu Administração >> Setup da Aplicação >> Estoque >> Terminal do WMS.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 5667– Terminal do WMS.

Para cadastrar um terminal, preencha os seguintes campos:

Código / Descrição
Informe nestes campos o código e descrição do terminal que está sendo cadastrado.

Área de Picking / Descrição (Área de Picking) / Endereço
Informe o código da área ou pressione ENTER em um dos campos para buscar por local de estocagem que será definido como Terminal WMS, para utilização do processo de Picking.

 Para trabalhar com a sincronização de dados desta manutenção, será necessário executar a ferramenta Upgrade de Dados >> Aba Sincronismo >> opção Inserir/Atualizar Tabelas do Sincronismo (Tabelas/Campos).

Instrução de Trabalho

A Instrução de Trabalho é um documento que contém o modo correto de se executar uma determinada atividade no processo de produção. As informações cadastradas nesta manutenção poderão ser utilizadas no Roteiro de Produção de Produtos.

 Para acessar esta manutenção vá até o menu Estoque >> Produtos e Serviços >> Instruções de Trabalho.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança 4510– Instrução de Trabalho.

 Para personalizar os processo da manutenção, utilize o EC: 1005993 – Engine Code – Manutenção de Instruções de Trabalho.

Para adicionar uma nova instrução, clique no botão  Adicionar (ALT+A).

Código
Neste campo informe o código para a instrução que está sendo cadastrada, a informação atribuída neste campo pode ser alfanumérica.

Descrição
Informe a descrição da instrução de trabalho.

Path/Arquivo Relacionado
Informe o caminho do documento relacionado a Instrução de Trabalho cadastrada. Para atribuir um documento pressione ENTER no campo para selecionar o arquivo, será aberto uma nova janela para conforme a imagem abaixo.

Após realizar os processos acima clique no botão  Gravar, para finalizar o cadastro.

Plano de Controle

O Plano de Controle é um documento que descreve as ações (medições, inspeções, verificações de qualidade ou monitoramento dos parâmetros do processo) necessárias em cada fase de um processo para assegurar que as saídas do processo estejam em conformidade com os requisitos pré-determinados.

Em termos mais simples, o Plano de Controle fornece ao operador ou ao inspetor as informações necessárias para controlar adequadamente o processo e produzir peças ou montagens de qualidade.

 Para acessar esta manutenção vá até o menu Estoque >> Produtos e Serviços >> Plano de Controle

 Esta ferramenta é controlada mediante item de segurança 4509 – Plano de Controle.

 Para personalizar os processo da manutenção, utilize o EC: 1005998 – Engine Code – Manutenção de Plano de Controle.

Para adicionar uma nova instrução, clique no botão  Adicionar (ALT+A).

Código
Neste campo informe o código do plano que está sendo cadastrado, a informação atribuída neste campo pode ser alfanumérica.

Descrição
Informe a descrição do plano de controle.

Path/Arquivo Relacionado
Informe o caminho do documento relacionado ao Plano de Controle cadastrado. Para atribuir um documento pressione ENTER no campo para selecionar o arquivo, será aberto uma nova janela para conforme a imagem abaixo.

Após realizar os processos acima clique no botão  Gravar, para finalizar o cadastro.

Roteiro Padrão

 Esta manutenção tem como finalidade agilizar o processo de cadastro de um produto manufaturado, adicionando um roteiro padrão automaticamente baseando-se na categoria definida para o produto.

 Para acessar esta manutenção vá até o menu Estoque >> Produtos e Serviços >> Roteiro Padrão.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança: 5712 – Manutenção de Roteiro Padrão.

Para inserir um novo roteiro padrão, clique no botão  Adicionar.

Código / Descrição
Informe um código e uma descrição para o roteiro, o código aceita caracteres alfa numéricos.

A seguir avance para a aba Itens do Roteiro Padrão.

Itens do Roteiro Padrão

Nesta aba são informados os dados que irão compor o roteiro, ou seja, as operações de produção de maneira sequencial.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança: 5713 – Manutenção de Roteiro Padrão – Itens.

1- Dados Gerais

Esta aba é semelhante a aba Roteiro, do cadastro de Produtos >> Aba PCP, nela preencha os seguintes campos:

Sequência / Descrição
Informe o código sequencial que define a fase em que aquela operação se aplica na produção e um nome para a mesma.

Código Operação / Descrição da Operação de Produção
Informe o código da operação e pressione a tecla TAB, ou utilize o Binóculo de Pesquisa  para realizar uma busca. As operações são cadastradas na manutenção Operações.

Valor de Custo / Unidade
Este campo será preenchido automaticamente com o valor de custo por unidade de tempo, de acordo com a operação selecionada. Por exemplo: R$10,00 por hora.

Tempo de Preparação
Neste campo pode ser informado o tempo da preparação para a operação a ser realizada. Para isso, é necessário informar o valor e a unidade de tempo.

Tempo da Operação / Unidade
Neste campo pode ser informado o tempo da operação. Para isso, é necessário informar o valor e a unidade de tempo.

Tempo de Fabricação / Unidade

Este campo será preenchido automaticamente quando a operação for gravada. É a soma do Tempo de Preparação e do Tempo da Operação.

UP de Produção
Informe a Unidade Produtiva do produto onde a operação será realizada.

 O campo UP de Produção é apenas informativo, ou seja, não controla estoque.

Valor de Custo / Unidade

Neste campo será informado o custo da operação por unidade de tempo. Por exemplo: custo por hora.

UP de Entrega
Informe qual será a Unidade Produtiva de Entrega do produto após a operação ser realizada.

Valor de Custo / Unidade
Neste campo será informado o custo da operação por unidade de tempo. Por exemplo: custo por hora.

2- Detalhes

Instruções Gerais
Informe, caso deseje, instruções sobre a operação.

Instruções de Inspeção
Neste campo pode ser feito  o cadastro de informações sobre a inspeção. Estas informações têm por objetivo detalhar os passos a serem realizados na inspeção.

Frequência de Inspeção
Neste campo pode ser feito  o cadastro de informações sobre frequências de operações com o produto em questão.

EPIs
Neste campo pode ser feito  o cadastro de informações relacionadas aos EPIs.

 Nos  campos Instruções Gerais, Instruções de Inspeção, Frequência de Inspeção e EPIs são destinados a digitação de informação, e o usuário poderá aumentá-lo em forma de janela, pressionando as teclas (Alt +) ou efetuando duplo clique dentro dos respectivos campos.

Plano de Controle / Descrição do Plano de Controle
Caso haja algum arquivo externo com instruções para o Plano de Controle, pode-se informá-lo e acessa-lo diretamente da manutenção. Para informar um Plano de Controle já cadastrado no sistema, digite o código e pressione a tecla TAB, ou clique no binóculo de pesquisa para realizar uma busca.

Path Plano de Controle
Este campo será preenchido automaticamente, caso tenha sido informado um Plano de Controle. Quando preenchido, basta clicar sobre o campo para abrir o arquivo.

Inst. de Trabalho / Descrição de Instrução de Trabalho
Caso haja algum arquivo externo com Instruções de Trabalho, pode-se informá-lo e acessa-lo diretamente da manutenção. Para informar uma Instrução de Trabalho já cadastrada no sistema, digite o código e pressione a tecla TAB, ou clique no binóculo de pesquisa para realizar uma busca.

Para mais informações sobre como cadastro de Instrução de Trabalho, clique aqui.

Path Instrução de Trabalho
Este campo será preenchido automaticamente, caso tenha sido informado uma Instrução de Trabalho. Quando preenchido, basta clicar sobre o campo para abrir o arquivo.

 Somente será permitido inserção de operações ativa. As inativas serão exibidas em vermelho.

Recursos da Operação (ALT + E)

Essa ferramenta permite adicionar e verificar os recursos que serão utilizados na operação.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança: 5713 – Manutenção de Roteiro Padrão – Recursos de Produção.

Código / Descrição / Categoria / Satatus
Pressione ENTER em um dos campos para selecionar o recurso que será atribuído a produção.

O campo Origem é preenchido automaticamente.

Através da ferramenta Replicar Recurso, pode-se replicar o recurso utilizado para as demais operações do roteiro.

Somente será permitido excluir uma operação, caso a mesma não tenha vínculo no diário na manutenção de Apontamento da Ordem de produção (PCP). Caso tenha tenha este vínculo, as operações poderão ser inativadas.

Estrutura Padrão

Esta manutenção tem como finalidade agilizar o processo de cadastro de um produto manufaturado, adicionando uma estrutura padrão automaticamente baseando-se na categoria definida para o produto.

 Para acessar esta manutenção vá até o menu Estoque >> Produtos e Serviços >> Estrutura Padrão.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança: 5706 – Manutenção de itens da estrutura padrão.

Para inserir uma nova estrutura padrão, clique no botão  Adicionar.

Código / Descrição
Informe um código e uma descrição para a estrutura, o código aceita caracteres alfa numéricos.

A seguir avance para a aba Itens da Estrutura Padrão.

Itens da Estrutura Padrão

Nesta aba são informados os dados que irão compor o roteiro, ou seja, as operações de produção de maneira sequencial.

 Essa ferramenta é controlada mediante item de segurança: 5707 – Manutenção de itens da estrutura padrão.

Ao adicionar um novo item na estrutura do produto, informe:

Código do Item / Descrição
Informe o código do item a ser inserido ou faça uma pesquisa pela sua descrição pressionando ENTER em um dos campos.

 Não podem ser informados serviços na estrutura do produto, pois esses não compõe o produto em nível de material e sim de processo. Os serviços que compõe o produto em nível de processo são as operações cadastradas na manutenção de Operações. Esses devem ser informados no link Roteiro.

Índice de perda
Informe um índice de perda do item na estrutura.

Posição/Fase
Informe a Posição/Fase que o item ocupará na estrutura.

Quantidade do Item / Unidade
Informe a quantidade do Item e sua unidade a ser utilizada na estrutura.

UP / Descrição da UP / Lote / Descrição da Lote
Informe os dados da UP (Centro de Trabalho) e Lote referentes ao item.

Observação
Informe qualquer observação relevante referente à estrutura a ser cadastrada.

Este documento foi útil para você?