cEAN e cEANTrib

Os códigos cEAN e cEANTrib são campos na nota fiscal que tem o seu preenchimento obrigatório quando o produto possuir o GTIN (Global Trade Item Number).

Os códigos cEAN e cEANTrib são campos na nota fiscal que tem o seu preenchimento obrigatório quando o produto possuir o GTIN (Global Trade Item Number). Os dois são complementares mas possuem aplicações específicas, entenda a diferença entre eles:

O que é o cEAN?

O cEAN é o código do produto faturado na nota fiscal, ou seja, é o código que engloba outros produtos na mesma nota. Exemplo: o cEAN é o identificador do pacote que está sendo vendido enquanto o cEANTrib corresponde ao identificador dos itens dentro do pacote.

 quando o produto descrito na nota for igual à unidade tributável do produto (cEANtrib) o código enviado nos dois campos será o mesmo.

O que é o cEANTrib?

O cEANTrib é o código de barras do produto tributado, ele é quem vale para identificar as unidades de vendas do varejo. Além disso, por ser utilizado para produto tributável, ele é usado para calcular o ICMS de Substituição Tributária.

Exemplo

Despacho de uma caixa com 36 unidades de um produto.

  • Código de Barras Caixa (cEAN): 17891254410036
  • Quantidade Comercial (qCom): 1
  • Valor unitário de Comercialização: Caixa
  • Código de Barras Tributável (produto da caixa) ( cEANTrib): 7891254410014
  • Quantidade Tributada (qTrib): 36

Dataplace ERP

A configuração destes campos no Dataplace ERP é realizado da seguinte forma:

Manutenção de Produtos

  • Na manutenção de produtos deve-se informar o código de barras tributável (cEAN Trib), no campo Código de Barras, da aba básicos.
  • Na janela Código de Barras para Múltiplos, localizada na manutenção de Produtos >> Código de Barras >> Código de Barras para Múltiplos. Deve se informar o código de barras do pacote que será entregue (cEAN), ou seja, o código que será impresso na nota, além disso a opção Cd. barra utilizado na embalagem deverá estar marcada e ativa para uso.

Orçamento, Faturamento e Pedido de Venda

Nestas manutenções, na aba Itens >> Dados Complementares (Ctrl + D), existem os campos Volumes, Tipo de Volume, Quantidade de Itens no Volume, Código de Barras do Volume.

Caso o produto que esteja sendo faturado tenha como configuração a opção: Na venda, controla múltiplo pré-definido marcado, o sistema irá preencher os campos descritos acima, onde:

  • Volumes: Quantidade de Volumes informados na janela Código de Barras para Múltiplos, da manutenção de Produtos.
  • Tipo do Volume: Unidade/Volume informado na janela Código de Barras para Múltiplos, da manutenção de Produtos.
  • Quantidade de Itens no Volume: Quantidade informada na janela Código de Barras para Múltiplos, da manutenção de Produtos.
  • Código de Barras do Volume: Caso exista mais de um código de barras o sistema irá adotar a seguinte regra:
    • 1 – Cd. barras Múltiplos / Preferencial = SIM
    • 2 – Caso exista mais de um múltiplo cadastrado e não exista nenhum definido como preferencial o sistema irá preencher com o primeiro código de barras encontrado.

Estas informações poderão ser alteradas pelo usuário, mediante item de segurança abaixo. Em caso de alterações serão gerados logs.

Item de Segurança 5735 – Permissão para alterar quantidade de volumes dos itens do orçamento quando o produto possui múltiplos.

Item de Segurança 2220 – Permissão para alterar quantidade de volumes dos itens do pedido de venda quando o produto possui múltiplos.

Na natureza de operação deve estar marcada a opção: Permite alteração na quantidade de volumes do item.

Nota Aberta (Gestão de Vendas)

Na nota aberta do Pedido de Faturamento >> Itens do nota aberta >> aba Dados Básicos,  as informações constam nos campos:

Nota Aberta (Painel da NFe)

Os campos serão preenchidos com a quantidade e volumes informados no Dados Adicionais do pedido, ou seja, relacionado as informações do múltiplos vínculos.

Este documento foi útil para você?

Doc. Anterior

ICMS Efetivo