Planejamento e Geração do MRP

Na manutenção Visualização do MRP você pode acompanhar o planejamento calculado e acompanhar o resultado planejado e realizado., além de contar com opções para cálculo de MRP, geração de ordens e solicitações e exclusão de fichas.

Geração de MRP           

Essa ferramenta é responsável pela geração e calculo inicial do MRP, ela irá considerar o campo Programa-mestre (MPS) da visualização do MPS assim como os campos Nível de Estoque, Qtde Lote, Politica de Lote e o Lead Time.

 

Para acessar a ferramenta, estando no módulo Manufatura, clique no menu MPS & MRP >> MRP >> Tools >>  Geração do MRP.

 

 

Para executar a visualização informe os seguintes campos:

 

Selecionar Períodos

O sistema carregará os períodos com base no Horizonte de Planejamento (Definido no Controle de Fábrica) como número de períodos a serem processados, tendo sempre como período inicial o primeiro período após o atual.  
 

 

Filtrar por Produto

Nessa opção o usuário poderá  escolher quais os produtos aparecerão na visualização.  Informe o código do produto e clique no botão Inserir produto selecionado. Utilize o botão Excluir todos os produtos da lista para limpar a lista de produtos. Caso deseje excluir somente um produto da lista, basta selecioná-lo e pressionar a tecla Delete.

 

Observações Gerais:

  •  Ao terminar o processamento, ocorrerá a chamada para CBOM (Configurable Bill of Material), funcionando na mesma maneira que na Geração do MPS, com exceção da notificação que não terá para material. As notificações dos produtos Manufaturados serão copiadas dos registros de MPS para os registros de MRP para serem colocadas na Ordem de Produção.

  • As notificações de itens são feitas de forma que, se o produto estiver configurado para receber notificação e não forem encontrados registros na tabela de respostas do Pedido de Venda, o próprio Código e Descrição do produto opcional serão o conteúdo da notificação.

  •  Ao existirem Solicitações de Compras geradas à partir do MRP, não serão excluídas aquelas que estiverem com Status “FIRME”.

  •  Neste processamento não serão consideradas UP de Sucata como estoque.

  •  Os Pedidos de Venda com estoque reservado não são considerados, e em caso de falta de estoque em período anterior, será considerado o estoque disponível invés do atual.

 

Painel do MRP    

Na manutenção Visualização do MRP você pode acompanhar o planejamento calculado e acompanhar o resultado planejado e realizado., além de contar com opções para cálculo de MRP, geração de ordens e solicitações e exclusão de fichas.

 

  Para acessar a manutenção, clique no menu  MPS & MRP >> MRP >> Painel do MRP

 

 

Para executar a visualização informe os seguintes campos:

 

Selecionar Períodos

O sistema carregará os períodos com base no Horizonte de Planejamento (Definido no Controle de Fábrica) como número de períodos a serem processados, tendo sempre como período inicial o primeiro período após o atual.  
 

Filtrar por Produto

Nessa opção o usuário poderá  escolher quais os produtos aparecerão na visualização.  Informe o código do produto e clique no botão Inserir produto selecionado. Utilize o botão Excluir todos os produtos da lista para limpar a lista de produtos. Caso deseje excluir somente um produto da lista, basta selecioná-lo e pressionar a tecla Delete.

 

 

Filtrar por Centro de Trabalho (UP de Produção)

Selecionando esta opção, será exibida uma janela com todos os Centros de Trabalho disponíveis para seleção.

 

Apenas Fichas Pendentes para Processamento

Selecionando essa opção, o sistema somente exibe para a visualização do MPS as fichas os produtos que estão pendentes para processamento por alguma alteração nos registros. Mas se durante a visualização for executado o reprocessamento o sistema processa todas as fichas daquele período independente se o produto esteja na visualização ou não.

 

Apenas Fichas com demanda de MPS

Selecionando essa opção, serão exibidas somente as fichas dos produtos que tenham alguma demanda para produção ou para compra no período.

 

 

 

Visualização no Grid

No Grid serão exibidos os produtos calculados (somente serão calculados os produtos com situação “Ativo” e que estejam habilitados para PCP/MRP).

 

 

 

 

 

Código

Neste campo será exibido o código do produto.

 

Descrição do Produto

Neste campo será exibida a descrição do produto.

 

Nível do Estoque

Neste campo será exibida a quantidade mínima a ser mantida no estoque.

 

Quantidade Lote

Neste campo será exibida a quantidade mínima a ser produzida por lote.

 

Política de Lote

Neste campo será exibida a política de lote adotada pela empresa, mínimo ou múltiplo onde lote mínimo informa que a empresa irá produzir sempre o valor mínimo do lote, não tendo limite superior, enquanto lote múltiplo informa que a empresa sempre produzirá valores múltiplos da quantidade por lote.

 

Lead Time

Neste campo será exibido quanto tempo dura a produção de cada produto, esse campo é informado no módulo “Engenharia de Produto” e de acordo com o mesmo que o sistema irá calcular e sugerir em que período começar a produção do produto para que ele possa ser entregue no prazo correto.

 

Unidade

Neste campo será exibida a unidade referente ao lead time, sendo esse campo uma unidade de tempo.

 

Necessidade Bruta

Esse campo é determinado pelo MPS de acordo com o campo Programa Mestre (MPS). Onde sugere a quantidade que se deve produzir ou comprar para suprir as necessidades de disponibilidade do item em cada período futuro.

 

Exemplo:

 

Foi feito uma venda de 3 unidades para o produto X com a previsão de entrega para o dia 10/06 sendo que o mesmo tem sua origem como manufaturado na estrutura deste tem um subproduto Y manufaturado que por sua vez para ser produzido precisa de 2 unidades dos produtos comprados Z e K . Nossa estrutura ficou assim:

 

 

 

 

 

Quando gerar o MRP o sistema calcula a quantidade da “Necessidade Bruta” da seguinte maneira. Para o produto X precisa de 3 unidades para o dia 10/06 então primeiramente se confere se já existe estoque suficiente para esse produto se tiver o sistema informará 0 no campo, informando que tem estoque suficiente para suprir a necessidade do produto, se verificando o estoque e o produto X não tem estoque suficiente ele preencherá o campo “Necessidade Bruta”, verificando os campos Nível de Estoque e Qtde Lote , no caso acima como tenho que entregar 3 unidades do produto X e seu estoque esta zerado então tenho que produzir 3 unidades, mas nível de estoque desse produto é de 10 unidade então vou ter que produzir 13 unidades, o “Qtde Lote” desse produto é de 50 unidades então o meu campo necessidade bruta será de 50 unidades pois a quantidade mínima para começar a produzir é 50 unidades, então como 13 é menor que 50 prevalece o campo “Qtde Lote”. Para os demais produtos o processo é o mesmo sendo que o sistema também calcula a Qtde do produto visando a estrutura do produto final manufaturado, então se para produzir 3 unidades do X tenho que ter 3 unidades do Y e para produzir o Y tenho que ter 2 unidades dos produtos Z e K necessidade bruta do Z e do K é de 6 unidades e do produto Y é de 3.Verifique que este processo é feito pelo MPS, tendo que depois de alguma alteração nas vendas primeiramente tem que reprocessar o MPS.

 

Recebimento Programado

O campo “Recebimento Programado” informa os recebimentos que estão programados para o produto no período. Sendo preenchido de acordo com as ordens confirmadas, ou seja, quando uma Ordem de Produção estiver com o status Firme, Empenhada ou Em Produção para produtos manufaturados e para produtos comprados que geram solicitações o sistema entenderá que a quantidade firme da solicitação será aquela que estiver dentro de uma Ordem de Compra, quando processado novamente o MRP a quantidade que estava no campo Liberação Programada passará para este campo. Dando um duplo clique sobre a linha será exibida outra janela.

 

Nesta janela o sistema informará as Ordens firmes que compõem os recebimentos daquele período e suas informações.

 

Estoque Projetado

Nesse campo o sistema informará o estoque projetado para do produto naquele período contando o recebimento planejado, o recebimento programado e o estoque do período anterior, esse campo é calculado da seguinte forma:

 

Estoque Projetado = (recebimento programado + recebimento planejado + estoque anterior) – necessidade bruta.

 

Recebimento de Ordens Planejadas

Nessa linha o sistema informa as Ordens que foram geradas e que estão com o status pendente no caso de ordens de Produção ou não foi gerada Ordens de Compra no caso das solicitações, ou seja, aquelas ordens que não estão firmes. Dando um duplo clique sobre a linha será aberta a janela Solicitações de Compra.

 

 

 

 

A janela que foi aberta trará informações sobre as ordens pendentes naquele período.

 

Liberação de Ordens Planejadas

Nesse campo informará as aberturas das ordens planejadas a serem recebidas conforme consta da linha de recebimento de ordens planejadas, de acordo com o tempo de obtenção do item. Esse campo será preenchido de acordo com o lead time ou seja se o produto tem o lead time de 2 dias e ele tem que ser entregue no dia 22/03 o sistema informará que precisa começar a produzir ou comprar o mesmo no dia 20/03 para ser entregue no período correto.

 

Exemplo:

 

Foi feito uma venda de 3 unidades para o produto X com a previsão de entrega para o dia 22/06 sendo que o mesmo tem sua origem como manufaturado e seu lead time de 2 dias na estrutura deste tem um subproduto Y manufaturado com lead time de 1 dia que por sua vez para ser produzido precisa de 2 unidades dos produtos comprados Z e K que tem o lead time de 2 dias. Nossa estrutura ficou assim:

 

 

 

 

Quando gerar o MRP o sistema calcula a quantidade da Necessidade Bruta desses produto. Para o produto X precisa do produto X para o dia 22/03 com lead time de 2 dia, o sistema preencherá o valor do campo “liberação de ordens planejadas” com o mesmo valor do campo Necessidade bruta, mas o valor será preenchido no período referente ao dia 20/03 que é quando ele tem que ser iniciado a sua produção. Para os demais produtos o processo é o mesmo sendo que o sistema verificará o lead time de cada um e preencherá o campo Liberação de ordens planejadas no período em que eles devem ser entregues, como o produto X tem que começar a ser produzido dia 20/03 o sistema verificará o lead time do produto Y como no nosso exemplo o seu lead time é de 1 dia então o inicio de sua produção tem que ser dia 19/03 então o campo liberação de ordens planejadas será preenchido no período referente ao dia 19/03, para produzir o Y que ter os Z e K como cada um tem o lead time de 2 dias eles deverão ser comprados dia 17/03 para que no dia 19/03 eles possam estar no estoque para a produção do produto Y então o campo será preenchido no período referente ao dia 17/03.

 

 Dando um duplo clique sobre a linha será exibida outra janela. Nessa janela o sistema informa as ordens geradas para esse período e suas informações.

 

Quantidade Fora do Período

A quantidade Fora do Período indica que o produto tem uma Demanda Dependente referente a períodos anteriores, devido ao lead time do produto ser maior do que o período.

 

Exibir Calendário

Se desejar visualizar o calendário, clique em Exibir calendário, localizado no final do grid.

 

Algumas informações disponíveis no PIN

Calcular MRP (ALT +R)           

Uma vez executado o cálculo inicial o sistema solicitará que o MRP seja recalculado a cada alteração efetuada dentro do período considerado, alterações que vão desde à recebimentos de ordens de compra ou ordens de produção até a mudanças nos valores do MPS.

Gerar Ordens de Produção (ALT + G)    

Essa ferramenta tem por função gerar ordens de produção para os produtos que tenham a origem como manufaturados, os valores destas serão iguais ao campo “Necessidades Brutas”. Se gerar novamente as ordens o sistema apagará as ordens geradas anteriormente e gerará novas ordens de produção com novos códigos.

 

Observações para Gerar Ordens:

  •  Nas ordens de produção geradas pelo o MRP a data inicio será preenchida com a data referente ao período em que está o campo “Liberação de Ordens Planejadas” e a data de previsão de término com a data referente ao período em que está o campo necessidade bruta.

  •  Ao Gerar uma ordem, caso o produto principal da OP tiver controle de estoque por lote, esta será gravada na OP (“Produzir em”) e lote de estocagem do produto também será gravada no campo de lote de entrega (“Entregar em”).

  •  Caso um produto esteja configurado como Fantasma, este não poderá ser utilizado para gerar fichas de MRP, caso o mesmo venha a ser configurado como Fantasma após terem sido geradas as fichas e registradas, as mesmas serão removidas para que não sejam utilizadas para gerar Ordens de Produção.

  •  Após o processo será exibido um  relatório com a lista das OPs geradas, também informando os dados do pedido de venda relacionado (número, produto, quantidade e a OBS do item).

  • Após o processo, é possível visualizar às OPs e solicitações geradas, através do Detalhes, para a exibição desta opção, é necessário que a Visualização Avançada esteja ativa.

  • Não é possível realizar Apontamento Extra para produtos finais e subprodutos quando a ordem de produção foi gerada a partir do MRP.

 

Gerar Solicitações de Compra (ALT + S)           

Essa ferramenta tem por função gerar solicitações de compra para os produtos com origem comprado, os valores destas serão iguais ao campo “Necessidades Brutas”. Se gerar novamente as solicitações o sistema apagará as geradas anteriormente e gerará novas solicitações com novos códigos.

 

Nas solicitações de compra, quando a data de uso da solicitação for menor que a data atual a solicitação será inserida com prioridade urgente e todos os registros gerado em cada processamento terão o número de requisição iguais. A cotação de cada solicitação será preenchida com o fornecedor da última cotação fechada para aquele produto, caso o produto não tenha última cotação fechada o sistema preencherá a cotação com o fornecedor cadastrado para aquele produto.

 

Ao “Gerar Solicitações” a partir do MRP, a data “Necessidade” da solicitação de compra será a data inicial do período em questão e não a data final.

Excluir Fichas (ALT + E)           

Se houver alteração no cadastro do produto e já houver fichas processadas para o mesmo pode-se apagar as mesmas para gerar novamente o MRP desde que o mesmo não tenha “Recebimento Programado” nem ordens geradas nos períodos selecionados.

 

Para excluir as fichas primeiramente selecione um produto na visualização

do MRP, logo depois entre no botão Funções localizado na parte inferior da janela e clique na opção Excluir fichas ou aperte ALT+E aparecerá a seguinte janela.

 

 

 

 

Informe os seguintes campos:

 

Código do Produto

Neste campo informe o código do produto, o sistema traz como padrão o produto selecionado inicialmente na visualização.

 

Depois de informar o(s) produto(s), basta clicar no botão Processar. Será exibida a seguinte mensagem: “Confirma a exclusão das fichas do MPS no período informado?”. Clicando em Não o sistema cancelará o processo, se clicar em Sim o sistema continuará o processo e exibirá uma mensagem de confirmação.

 

 

Este documento foi útil para você?