Visão Geral

 MRP – Planejamento de Necessidades de Materiais

Este sistema tem a função de apoiar o planejamento da produção e o controle do estoque de produtos.

O sistema tem as seguintes características:

  • Assegurar que os materiais e os produtos estarão disponíveis para produção e prontos para serem entregues ao cliente.

  • Manter o nível de estoque de materiais e produtos.

  • Planejar as atividades da manufatura, assim como as programações de entrega e compras de materiais.

  • Além de simular situações de diferentes cenários de demanda podendo assim ter seus efeitos analisados para a tomada de decisão .

Antes de fazer a geração do MRP deve-se realizar previamente a geração do MPS (plano mestre) que tem o objetivo de calcular e projetar a demanda a ser atendida, ou seja, aquilo que efetivamente será produzido.

Como se trata de uma previsão, o gestor tem a opção de aumentar a quantidade a ser produzida, lançando as demandas independentes para que o sistema possa calcular corretamente o MPS, sendo assim os cálculos deverão ser processados periodicamente.

 Para o cálculo do MPS o sistema tem como base as pendências de entregas que ainda não foram entregues (empenhada) e que estão com suas quantidades reservadas em estoque, nesse cálculo o sistema considera alguns campos como : a quantidade e a política de lote do produto, o leadtime e o estoque mínimo, que são de extrema importância pois a partir deles é que o sistema calcula corretamente quanto será produzido para que o estoque mínimo seja sempre mantido e a entrega do produto ocorra no período correto.

A partir desses dados o processamento do MRP poderá  ser realizado, sendo que no MRP o sistema calculará as quantidades e mostrará o período necessário para a compra e produção de materiais e manufaturados, com base nesses cálculos o sistema gerará as ordens , ou seja, as solicitações de compra para os materiais e as ordens de produção para os manufaturados.

Este documento foi útil para você?