Visão Geral

Escrituração Fiscal

Este sistema permite controlar a escrituração de várias empresas simultaneamente, tornando-se apto a atender tanto uma empresa que faz a sua própria escrita fiscal quanto um escritório do ramo. No primeiro caso, o cadastro de clientes e fornecedores, e de natureza da operação poderão ser os mesmos, evitando a duplicação de dados.  

Cada empresa poderá ter a sua configuração de impostos e tributos a serem apurados (ICMS, IPI (Mensal, Quinzenal ou Decendial), ISS, Imposto Simples, PIS, Cofins, Contribuição Social e IRPJ).

Apenas com a escrituração das notas de entrada, saída e prestação de serviços, o sistema estará apto a emitir: registros de entrada, registros de saída, registros de prestação de serviços, apuração de ICMS e IPI, informações para a GIA, DARFs dos tributos, termos de abertura e encerramento, etc.

A escrita fiscal é integrada com o sistema de NRM (Nota de Recebimento de Material) e com o sistema de faturamento do Dataplace, ou seja, uma compra ou uma nota fiscal poderão ter os seus dados automaticamente escriturados. Esta integração se dá através de arquivos texto de interface. O layout destes arquivos é aberto, o que possibilita que a escrita fiscal receba informações de quaisquer outros sistemas.

Este documento foi útil para você?